top of page
  • crisalessi

Projetos ou planos de ação em ecoinovação já existem em quase metade das indústrias


10º congresso internacional de inovação da indústria - CNI e Sebrae
10º congresso internacional de inovação da indústria - CNI e Sebrae

Super legal a pesquisa divulgada pela CNI - Confederação Nacional da Indústria - mostra que 47% das indústrias brasileiras têm projetos ou plano de ação formal em ecoinovação. De acordo com a Sondagem Especial: Ecoinovação e Transformação Digital, 30% das empresas têm trabalhos em execução e outras 17% estão com projetos aprovados para serem iniciados. Os dados revelam também que 28% das empresas estão realizando estudos iniciais sobre o tema e 19% não realizam nenhuma ação de ecoinovação no momento.


A pesquisa revela que, entre as indústrias que integram a Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) – grupo coordenado pela CNI formado por mais de 500 empresas –, a ecoinovação já é uma realidade. De acordo com os dados, 78% das empresas que fazem parte da MEI têm planos de ação ou projetos de ecoinovação em andamento; outras 7% têm projetos aprovados, mas não iniciados; 9% estão em fase de estudos; e 5% não realizam nenhuma ação nesta área.


O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, afirma que, apesar de um quadro positivo, a velocidade de adoção da ecoinovação poderia ser maior no país.

A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) define a ecoinovação como a inovação que resulta na redução do impacto ambiental. Essa é uma tendência mundial que está promovendo mudanças nos modelos de negócios das empresas e que se tornou fundamental para a construção de novos parâmetros de sustentabilidade e competitividade para o setor industrial, no Brasil e no mundo.


As ecoinovações podem ser tanto tecnológicas, por meio de novos produtos ou processos produtivos, quanto inovações não-tecnológicas, com métodos de marketing, inovações organizacionais ou institucionais. Para a CNI, esta é uma tendência sem volta e essencial para a sobrevivência e competitividade das empresas em todo o mundo, à medida em que avançam as políticas de redução das emissões de gases de efeito estufa, do consumo de água e da geração de resíduos.


Esse tema foi fortemente debatido no 10º congresso internacional de inovação da indústria - realizado pela CNI e Sebrae, em setembro.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page